Afeganistão diz que bomba dos EUA matou 36 integrantes do Estado Islâmico

Afeganistão diz que bomba dos EUA matou 36 integrantes do Estado Islâmico

Autoridades do Afeganistão afirmaram que o ataque da quinta-feira dos Estados Unidos com a maior bomba não nuclear já usada em combate pelos americanos matou 36 combatentes do Estado Islâmico. Não há registro de mortes entre civis, segundo comunicado do Ministério da Defesa afegão, que também disse que várias cavernas e depósitos de munição do grupo radical foram destruídos.

A bomba, oficialmente como GBU-43B, lançou 11 toneladas de explosivos na área. O ataque ocorreu no distrito de Achin, no leste afegão, próximo da fronteira com o Paquistão.

Um morador do distrito, Hakim Khan, de 50 anos, comemorou a ação americana contra os militantes. “Eu quero 100 vezes mais bombas contra esse grupo”, afirmou Khan

Compartilhe
Previous EUA lançam no Afeganistão sua bomba não nuclear mais poderosa
Next Odebrecht apostava no potencial de Bruno Araújo, diz delator

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Mundo

Bebê com 1 mês de vida é salvo por um cachorro após ser enterrado vivo

A cidade de Chongqing, China, passou por momentos de tensão durante o último dia 6 de maio. Segundo a imprensa local, um bebê, com cerca de 1 mês de vida,

Mundo

População mundial chegará a 8,5 bilhões de pessoas em 2030, diz ONU

As novas projeções da ONU apresentadas nesta quarta-feira mostram que a população mundial chegará a 8,5 bilhões até 2030, um aumento de 1 bilhão de pessoas em 13 anos. A

Notícias

Ex-vice-presidente da Argentina é detido por lavagem de dinheiro

O ex-vice-presidente da Argentina, Amado Boudou, foi detido nesta sexta-feira (03/11) no próprio apartamento pelas acusações de enriquecimento ilícito e lavagem de dinheiro, informou uma funcionária da Justiça Federal. Canais