Afeganistão diz que bomba dos EUA matou 36 integrantes do Estado Islâmico

Afeganistão diz que bomba dos EUA matou 36 integrantes do Estado Islâmico

Autoridades do Afeganistão afirmaram que o ataque da quinta-feira dos Estados Unidos com a maior bomba não nuclear já usada em combate pelos americanos matou 36 combatentes do Estado Islâmico. Não há registro de mortes entre civis, segundo comunicado do Ministério da Defesa afegão, que também disse que várias cavernas e depósitos de munição do grupo radical foram destruídos.

A bomba, oficialmente como GBU-43B, lançou 11 toneladas de explosivos na área. O ataque ocorreu no distrito de Achin, no leste afegão, próximo da fronteira com o Paquistão.

Um morador do distrito, Hakim Khan, de 50 anos, comemorou a ação americana contra os militantes. “Eu quero 100 vezes mais bombas contra esse grupo”, afirmou Khan

Compartilhe
Previous EUA lançam no Afeganistão sua bomba não nuclear mais poderosa
Next Odebrecht apostava no potencial de Bruno Araújo, diz delator

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Merkel é alvo de tomates durante ato eleitoral no oeste da Alemanha

Desconhecidos lançaram hoje (5) dois tomates contra a chanceler alemã, Angela Merkel, durante um ato organizado pelo seu partido, a União Democrata-Cristã (CDU) na cidade de Heidelberg, no oeste do

Mundo

Alemanha proíbe boneca conectada à internet por risco de espionagem

A Alemanha proibiu a venda da boneca conectada à internet “Minha amiga Cayla” no país, anunciaram na sexta-feira reguladores, que consideram que o brinquedo é um “dispositivo de espionagem”. A

Mundo

Catalunha vai às urnas em disputa eleitoral indefinida

Mais de 5,5 milhões de eleitores catalães vão às urnas nesta quinta-feira (21/12) para eleger os 135 novos deputados do Parlamento local, após a dissolvimento do poder regional com a