Margareth é homenageada pela Prefeitura por ações de sustentabilidade

Margareth é homenageada pela Prefeitura por ações de sustentabilidade

Considerado uma das maiores festas de rua do planeta, o Carnaval de Salvador tem se tornando vitrine para ideias inovadoras e iniciativas que respeitam o meio ambiente. Como forma de homenagear artistas que promovem ações de sustentabilidade pela capital baiana, a Prefeitura, por meio da Secretaria Cidade Sustentável e Inovação (Secis), homenageou, neste sábado (25), a cantora Margareth Menezes com placa do Prêmio Eu Promovo Carnaval Sustentável 2017.
A homenagem aconteceu durante o desfile do trio independente da artista, no Circuito Dodô (Barra-Ondina). Margareth foi agraciada como madrinha do Prêmio, pela sua atuação no campo socioambiental na capital baiana e por seu interesse pelas questões ambientais, projetos sociais que valorizam a cultura, o ser humano e o meio ambiente na Península de Itapagipe (região que engloba mais de 14 bairros localizados na Cidade Baixa), através da Organização Social Fábrica Cultural, da qual ela é presidente.
“Sou grata em participar como madrinha dessa campanha de promoção de um carnaval mais sustentável nessa cidade que amo. Se todos fizerem a sua parte de não jogarem lixo na rua e no mar e brincarem o carnaval com paz teremos uma festa com harmonia”, declarou Margareth, que ainda celebrou seus 30 anos de carreira em cima do trio.
O diretor de Áreas Verdes da Secis, Uelber Reis, destacou o papel que a artista alcançou no fomento ao desenvolvimento sustentável na capital baiana.” É uma artista reconhecida pelo seu talento musical e seu trabalho socioambiental realizado na Península de Itapagipe. Essa homenagem é em reconhecimento pelo seu belo trabalho em Salvador”, disse.
O Prêmio – O Prêmio Eu Promovo Carnaval Sustentável chega à sua quarta edição e propõe que blocos, camarotes e trios atuem transformando o ambiente da festa em um lugar capaz de integrar as questões sociais, enérgicas, econômicas e ambientais, como por exemplo utilizar lâmpadas ecoeficientes (LED), materiais recicláveis para a decoração de espaços, disponibilizar rampas para acesso a cadeirantes, promover campanhas de combate ao racismo, ofertar alimentos mais saudáveis e mais uma diversidade de outras ações de cunho sustentável.
Como todos os anos, o artista convidado a representar o Prêmio Carnaval Sustentável é homenageado pela Prefeitura durante a festa. Uma placa é entregue ao padrinho como uma forma de agradecimento à sua participação na campanha; por levar através da sua voz mensagens de paz aos foliões e de respeito ao meio ambiente. O primeiro a receber o título de padrinho foi Durval Lelis, em 2014. No ano seguinte, Saulo. E em 2016 Levi Lima, da Banda Jammil e agora Margareth.
Compartilhe
Previous Prefeitura registra aumento de crianças em situação de risco no Carnaval
Next Bloco Didá leva para a Avenida campanha "Respeita As Mina"

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Entretenimento

Seu Maxixe leva sertanejo para o Subúrbio Ferroviário

A banda Seu Maxixe fez o Subúrbio Ferroviário de Salvador entrar no clima do sertanejo na noite deste sábado (24), terceiro dia do São João da Bahia na Praça João

Entretenimento

“Eu não apoio o Bolsonaro”, garante Nego do Borel após polêmica

O cantor Nego do Borel se pronunciou após a polêmica que seu clipe Me Solta causou nas redes sociais, afirmando que tem recebido “muitos elogios” e “acompanhado as críticas de

Entretenimento

Grávida, Isis Valverde aparece loira e gera polêmica nas redes sociais

Isis Valverde surpreendeu os internautas ao postar, nesta sexta-feira (25/5), uma foto com os cabelos loiros. “Mudei, cansei e me reinventei!”, escreveu na imagem. Minutos depois, o post gerou a maior