STF aprova lista tríplice para Temer definir novo ministro do TSE

STF aprova lista tríplice para Temer definir novo ministro do TSE

O Supremo Tribunal Federal (STF) aprovou nesta quinta-feira, 23, os nomes da lista tríplice que será encaminhada ao presidente Michel Temer para a escolha do novo ministro do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

O TSE é formado por sete ministros titulares -três são do STF, dois integram o Superior Tribunal de Justiça (STJ) e outros dois pertencem à classe dos advogados.

Os ministros substitutos do TSE Admar Gonzaga Neto e Tarcisio Vieira de Carvalho Neto integram a lista tríplice. O jurista Sérgio Banhos completa a relação de nomes, que será encaminhada imediatamente a Temer.

Os nomes da lista tríplice foram escolhidos pelos ministros do STF em votação realizada na abertura da sessão plenária desta quinta-feira. O novo ministro ocupará a vaga aberta com a saída de Henrique Neves, que deixará a corte eleitoral em abril deste ano.

A tendência é de que Temer escolha o primeiro nome da lista tríplice – no caso, Admar Gonzaga Neto, que encabeça a lista por ser atualmente o primeiro ministro substituto do TSE entre os advogados.

Existe a possibilidade de o substituto de Neves participar do julgamento da ação que apura se a chapa de Dilma Rousseff-Michel Temer cometeu abuso de poder político e econômico para se reeleger nas eleições de 2014. O relator da ação, ministro Herman Benjamin, decidiu na quarta-feira, 22, ouvir delatores da Odebrecht no âmbito do processo, o que pode trazer à coleta de novas informações e atrasar a conclusão da análise do caso.

Compartilhe
Previous Mais de dois milhões de camisinhas serão distribuídas no Carnaval de Salvador
Next Rodrigo Maia lamenta saída de Serra e espera que Temer escolha nome do PSDB

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política 0 comentários

Itamaraty busca 19 brasileiros desaparecidos entre Bahamas e EUA

O Ministério das Relações Exteriores está tentando localizar 19 brasileiros que desapareceram depois de deixar as Bahamas (na América Central) rumo aos Estados Unidos. Eles buscavam entrar ilegalmente no país,

Notícias

Janot pede mais 60 dias de investigação em inquérito contra José Dirceu e filho

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu mais 60 dias para a conclusão das investigações de um inquérito instaurado contra o ex-ministro-chefe da Casa Civil José Dirceu e o deputado

Política

Com documentos de Lichtenstein, Lava Jato vê mais crimes de Duque

Com base nos papéis da cooperação internacional com o Principado de Lichtenstein, a força-tarefa da Operação Lava Jato aditou a denúncia contra o ex-diretor de Serviços da Petrobras Renato Duque