Bacelar destaca atenção de Rui para melhorar mobilidade em Salvador

A audiência pública para discutir o projeto do VLT (Veiculo Leve sobre Trilhos) em Salvador provocou uma onda de otimismo entre os expectadores. O VLT surge com o objetivo de se tornar uma alternativa rápida e eficiente de transporte público na capital baiana. O novo modal deverá  substituir o trem do subúrbio. O evento serviu para que os participantes conhecessem os detalhes do sistema que promete desafogar a Suburbana,  Baixa do Fiscal e Comércio, em horários de pico.

Para o deputado federal Bacelar (PTN) presente à audiência,   “o trabalho desenvolvido pelo governo do estado em mobilidade urbana surpreende pela agilidade com que sai do papel.

Os testes da Linha 2 do metrô também aconteceram nessa sexta (20), entre as estações Rodoviária e Pituaçu e pela primeira vez os trens trafegaram na Avenida Paralela. São mais 6,2 km e a operacionalização dessas viagens ainda em 2017 vai fazer com que Salvador detenha a terceira malha metroviária do Brasil. “enfatiza Bacelar” Rui Costa está desenvolvendo um trabalho intenso nessa área com foco nas regiões que mais precisam de atenção do poder público.  O estado buscou recursos próprios e de parceiros para agilizar o projeto . Facilitar e tornar mais rápido o ir e vir das pessoas é pensar em Salvador realmente como metrópole, “diz Bacelar”.

Compartilhe
Previous Reforma dinamiza e motiva ainda mais o Governo, afirma Rui
Next Marcela Temer inicia viagens para divulgar Criança Feliz

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Ônibus de Salvador recebem dedetização periódica

Cerca de 240 ônibus – dos 2,6 mil que compõem a frota da capital baiana – são vistoriados mensalmente pela Prefeitura após passarem pelo procedimento de dedetização, incluindo a sondagem

Política

Temer admite estudos sobre aumento da alíquota do Imposto de Renda

O presidente Michel Temer admitiu hoje (8), em entrevista em São Paulo, que existem estudos sobre o aumento da alíquota do Imposto de Renda, mas disse que não há nada

Política

Marco Aurélio: STF não estaria dividido se votasse sobre prisão em 2º grau

Dois dias após receber um novo pedido para decidir sozinho sobre a prisão após condenação em segunda instância, o ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), disse nesta

0 Comentários

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a comentar essa notícia!

Deixe uma resposta