Temer: redução de juros e queda da inflação permitem retomada do crescimento

Temer: redução de juros e queda da inflação permitem retomada do crescimento

O presidente Michel Temer elogiou a decisão do Banco Central de baixar os juros básicos da economia a 13% ao ano e afirmou que, diante dos dados de queda da inflação divulgados recentemente, a expectativa é que a taxa continue caindo de forma gradual.

Segundo o porta-voz da Presidência, Alexandre Parola, Temer disse ter “convicção” de que “estão dados os elementos para a retomada do crescimento econômico”.

“A divulgação, hoje mais cedo, da taxa de inflação de 2016, em 6,29% anuais, é um dado extremamente positivo que terá sido levado em conta para a redução da Selic”, comentou o presidente, por meio do porta-voz.

Na declaração à imprensa, Parola disse que as informações disponíveis atualmente no governo indicam que a inflação continuará em queda, repedindo afirmação feita por Temer mais cedo de que o índice ficará no centro da meta (4,5%) este ano. Por meio do porta-voz, o presidente também elogiou a decisão do Banco do Brasil de reduzir os juros, anunciada pouco depois da divulgação da Selic.

“Todos os dados disponíveis indicam que nos próximos meses a inflação seguirá em queda. Com isso, o rendimento do trabalhador se vê protegido do efeito terrível da inflação e abre-se espaço para que a taxa de juros seja gradualmente reduzida, de modo responsável, consistente e sustentável. Um dos primeiros exemplos dessa tendência é o anúncio feito pelo Banco do Brasil na tarde de hoje de que está reduzindo suas taxas de juros”, afirmou Parola.

Compartilhe
Previous Banco Central reduz Selic para 13% ao ano e surpreende o mercado
Next Petrobras não precisa considerar inflação para definir preço do combustível

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Cartões de débito lideram crescimento dos meios de pagamento em 2017

A participação dos cartões de débito nas transações eletrônicas aumentou em 2017, revelou hoje (3) o Banco Central (BC). Segundo o órgão, os pagamentos com esse tipo de cartão concentraram

Notícias

Caixa briga para não devolver R$ 27 bilhões ao Tesouro Nacional

A Caixa já prepara uma ofensiva para barrar eventual decisão do plenário do Tribunal de Contas da União (TCU) sobre devolução de recursos de bancos públicos ao Tesouro Nacional. A

Economia

Brasil pode encerrar 2018 com recorde na exportação de soja

Os exportadores de soja em grãos têm bons motivos para comemorar o desempenho do setor ao longo de 2018, mantendo-se na liderança do ranking internacional, posição que tem-se alternado com

0 Comentários

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a comentar essa notícia!

Deixe uma resposta