Interdições em faixas da ACM e Paralela começam segunda

Interdições em faixas da ACM e Paralela começam segunda

A Prefeitura informa que, a partir das 7h de segunda-feira (09), o trânsito será interditado em dois pontos importantes da cidade em função das obras da CCR Metrô para a implantação de uma via expressa ligando as avenidas Luiz Viana Filho (Paralela) e Antonio Carlos Magalhães (ACM), com três faixas de tráfego. Essa via expressa, que vai melhorar a mobilidade nessa região de grande fluxo viário na cidade, é uma exigência da Prefeitura como contrapartida ao município das obras metroviárias, assim como os viadutos implantados ao longo da Paralela.

A primeira interdição será de uma faixa da ACM no sentido Rótula do Abacaxi, com bloqueio na altura da Madeireira Brotas. Isso vai provocar a interrupção do trânsito apenas em 165 metros da faixa da direita, junto ao canteiro central da via. Outra faixa será interditada no trecho final da Av. Luiz Viana Filho, um pouco antes da Ligação Iguatemi-Paralela (LIP), no sentido Centro.

Haverá, ainda, a interdição do acesso ao Viaduto Raul Seixas nas noites entre segunda (09) e quarta-feira (11), sempre entre 23h30 e 5h. Nesse período, os motoristas que precisarem alcançar a Av. ACM no sentido Lucaia devem seguir até a Rótula do Abacaxi e pegar o retorno nas proximidades da Estação Acesso Norte. A partir daí, o motorista pode retornar à Av. ACM no sentido Hiper Posto.

As duas intervenções iniciais fazem parte do projeto exigido pela Prefeitura do novo sistema viário da região que será executado em cinco fases. A previsão é de que a obra termine em cerca de 50 dias. Para minimizar os impactos no trânsito e garantir a fluidez dos veículos durante as obras, a CCR Metrô Bahia, com o apoio da Transalvador, realizou estudos técnicos de engenharia viária, testes de tráfego, e contará com intensa sinalização na área.

Alternativas – Durante o período das obras, a Transalvador recomenda aos motoristas evitar a região e utilizar a Avenida Luiz Eduardo Magalhães para acessar a Avenida Mario Leal Ferreira (Bonocô) e Acesso Norte. Para a área da Av. ACM, Tancredo Neves, Iguatemi e Caminho das Árvores, é possível seguir pela Av. Octávio Mangabeira (orla), utilizando como acesso as avenidas Orlando Gomes, Pinto de Aguiar e o bairro do Imbuí. Vale lembrar, no entanto, que os locais das obras não serão bloqueados totalmente. Por isso, inclusive, não haverá mudanças nas linhas de ônibus.

A Transalvador vai monitorar o tráfego no local por meio do Núcleo de Operações Assistidas (NOA), utilizando todas as ferramentas tecnológicas disponíveis para evitar maiores transtornos. Painéis eletrônicos de mensagens atualizarão condutores sobre as mudanças e intervenções na via, indicando alternativas de tráfego. “O período para a obra, entre janeiro e março, foi estrategicamente escolhido pela Transalvador, já que o fluxo de veículos cai consideravelmente em razão das férias escolares”, explicou Fabrizzio Muller, superintendente. “Transtornos são inevitáveis, mas temos equipes específicas para atuar em apoio às obras do metrô, mitigando os impactos. E o benefício será importante para a cidade, após a conclusão dos trabalhos”, acrescentou.

A via expressa, quando concluída, terá três faixas de tráfego ligando as avenidas ACM e Paralela. Essa via vai evitar entrelaçamentos de veículos da marginal da alça de saída da Av. Luís Eduardo Magalhães para a pista principal, além de melhorar a mobilidade em toda a região. Fazem parte das intervenções os isolamentos de faixas da Av. ACM para a implantação de dispositivos de segurança como barreiras de concreto, alargamento do viário definitivo próximo à Madeireira Brotas e de outros trechos e nivelamento das pistas de acesso ao Viaduto Raul Seixas.

Compartilhe
Previous ​Pelourinho Dia e Noite permite abertura de mais museus aos finais de semana
Next Portaria do Tesouro regulamenta concessão de aval a empréstimos de estados

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Cotidiano

Reviravolta: Janot pede ao STF revogação da soltura do goleiro Bruno Fernandes

O procurador-geral da República, Rodrigo Janot, pediu ao Supremo Tribunal Federal (STF) a revogação da liminar que ordenou a libertação do goleiro Bruno Fernandes, condenado pela morte da ex-amante Eliza

Notícias

Artigo: Revitalizando o Poder Legislativo

O aprimoramento do processo legislativo da Câmara Municipal de Salvador, democratizando-o cada vez com mais debates e transparência, tem sido buscado com toda a dedicação por nossa gestão. Não foram

Cotidiano

Salvador: Prefeitura vai conceder abono a aposentados e pensionistas

Através de dois projetos de lei, o prefeito ACM Neto vai conceder benefícios a colaboradores do Executivo municipal, desde empregados das empresas a uma parte dos aposentados e pensionistas da

0 Comentários

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a comentar essa notícia!

Deixe uma resposta