MPF denuncia Lula, Marisa e outras sete pessoas na Lava-Jato

MPF denuncia Lula, Marisa e outras sete pessoas na Lava-Jato

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou nesta quinta-feira (15/12) o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e mais oito pessoas no âmbito da Operação Lava-Jato. Entre eles está a esposa de Lula, Marisa Letícia, o ex-presidente da Odebrech Marcelo Odebrecht e o ex-ministro Antonio Palocci e. A esposa de Lula, Marisa Letícia, também foi denunciada.

O MPF afirma que Lula comandava “uma sofisticada estrutura ilícita para captação de apoio parlamentar” por meio de desvios na Petrobras.
O MPF afirma que Lula comandava “uma sofisticada estrutura ilícita para captação de apoio parlamentar” por meio de desvios na Petrobras. Propinas pagas pela Odebrecht, no esquema liderado pelo ex-presidente, chegaram a R$ 75 milhões em oito contratos com a Petrobras e incluíram terreno de R$ 12,5 milhões para Instituto Lula e cobertura vizinha à residência de Lula em São Bernardo de R$ 504 mil.
Por meio do esquema, estes diretores geravam recursos que eram repassados para enriquecimento ilícito do ex-presidente, de agentes políticos e das próprias agremiações que participavam do loteamento dos cargos públicos, bem como para campanhas eleitorais movidas por dinheiro criminoso.

 

Compartilhe
Previous Gilmar Mendes e Luiz Fux batem boca em sessão do TSE
Next PSB diz que não votará projetos que suprimam direitos

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

Eleições 2018: “PSDB tem direito a uma vaga na majoritária”, sinaliza Gualberto

Em conversa com o Classe Política durante inauguração do Subúrbio 360, nesta sexta-feira(26), o deputado federal e presidente do PSDB na Bahia, João Gualberto(PSDB), sinalizou que a vaga na chapa

Política

Ao contrário de Janot, Dodge monta equipe com bagagem em casos de corrupção

O grupo de transição para a posse da futura procuradora-geral da República, Raquel Dodge, é formado por cinco procuradores com experiência em rumorosos casos penais e de improbidade. Dodge deverá

Política

PSDB planeja esconder Aécio na convenção do partido

Com a imagem desgastada após as denúncias da Operação Lava Jato, o senador Aécio Neves (MG) terá participação reduzida na próxima convenção nacional do PSDB, marcada para 9 de dezembro.

0 Comentários

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a comentar essa notícia!

Deixe uma resposta