MPF denuncia Lula, Marisa e outras sete pessoas na Lava-Jato

MPF denuncia Lula, Marisa e outras sete pessoas na Lava-Jato

O Ministério Público Federal (MPF) denunciou nesta quinta-feira (15/12) o ex-presidente da República Luiz Inácio Lula da Silva (PT) e mais oito pessoas no âmbito da Operação Lava-Jato. Entre eles está a esposa de Lula, Marisa Letícia, o ex-presidente da Odebrech Marcelo Odebrecht e o ex-ministro Antonio Palocci e. A esposa de Lula, Marisa Letícia, também foi denunciada.

O MPF afirma que Lula comandava “uma sofisticada estrutura ilícita para captação de apoio parlamentar” por meio de desvios na Petrobras.
O MPF afirma que Lula comandava “uma sofisticada estrutura ilícita para captação de apoio parlamentar” por meio de desvios na Petrobras. Propinas pagas pela Odebrecht, no esquema liderado pelo ex-presidente, chegaram a R$ 75 milhões em oito contratos com a Petrobras e incluíram terreno de R$ 12,5 milhões para Instituto Lula e cobertura vizinha à residência de Lula em São Bernardo de R$ 504 mil.
Por meio do esquema, estes diretores geravam recursos que eram repassados para enriquecimento ilícito do ex-presidente, de agentes políticos e das próprias agremiações que participavam do loteamento dos cargos públicos, bem como para campanhas eleitorais movidas por dinheiro criminoso.

 

Compartilhe
Previous Gilmar Mendes e Luiz Fux batem boca em sessão do TSE
Next PSB diz que não votará projetos que suprimam direitos

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Notícias

VÍDEO: João Gualberto confia na vitória de Alckmin no segundo turno; “Vamos vencer a eleição” ASSISTA

Em conversa com o Classe Política o deputado federal e presidente estadual do PSDB na Bahia, João Gualberto comentou sobre o título de Cidadão Baiano recebido na noite desta quinta-feira(07),

Notícias

Gilmar absolve ex-secretário de fundação acusado de dispensa ilegal de licitação

O ministro Gilmar Mendes, do Supremo Tribunal Federal (STF), concedeu habeas corpus para absolver Silvestre Selhorst, ex-secretário-executivo da Fundação de Apoio à Tecnologia e Ciência (Fatec), vinculada à Universidade Federal

Política

Governo defende aplicação de condução coercitiva em ação no STF

A Advocacia-Geral da União (AGU), em nome do presidente Michel Temer, enviou ao Supremo Tribunal Federal (STF) informações em defesa da utilização da condução coercitiva, um instrumento jurídico que tem

0 Comentários

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a comentar essa notícia!

Deixe uma resposta