Após afastamento de Renan, petista assume presidência do Senado

Após afastamento de Renan, petista assume presidência do Senado

Com o afastamento do senador Renan Calheiros (PMDB-AL) pelo STF, assume o comando do Senado, o primeiro vice-presidente Jorge Viana (PT-AC).

A decisão de tirar Renan do posto foi tomada na tarde desta segunda-feira, 5, pelo ministro Marco Aurélio Mello, do Supremo Tribunal Federal (STF), que atendeu ao pedido da Rede Sustentabilidade e concedeu uma medida liminar (provisória).

A deliberação foi tomada no âmbito de uma ação ajuizada pelo partido que pede que réus não possam estar na linha sucessória da Presidência da República.

Compartilhe
Previous Senadores do PT adotam cautela ao falar de afastamento de Renan
Next Não há previsão de data para julgar planos econômicos, diz Cármen Lúcia

Sobre o Autor

Você pode gostar também

Política

A Bahia não ficará de joelhos e não se renderá a mesquinharia da política velha do passado” diz Rui sobre empréstimo

O governador Rui Costa voltou a cobrar do governo federal o empréstimo de R$1 bilhão de reais, autorizado pelo Banco do Brasil e publicado no Diário  Oficial da União, mas

Política

Marina nega apoio da Rede à candidatura de Romário

A pré-candidata à Presidência da Rede, Marina Silva, afirmou nesta quarta-feira, 25, que discordou do apoio de seu partido à candidatura do senador Romário (Podemos) no Rio de Janeiro, mas

Política

‘Candidatura Temer é encenação, obra do marketing oficial’ diz Alvaro Dias’

Pré-candidato do Podemos à Presidência, o senador Alvaro Dias (Podemos) possui mais de quatro décadas de vida pública, mas tem dito ser uma alternativa para “romper com o sistema político

0 Comentários

Ainda não há comentários

Você pode ser o primeiro a comentar essa notícia!

Deixe uma resposta